Bife da Trindade

 

BIFE À TRINDADE

 


O Bife à Trindade é um ícone para quem teve o prazer de saborear a receita original ( repetidas vezes ) até aos anos oitenta. A que hoje existe desiludiu-me repetidamente sempre que lá voltei e tentei reencontrar "aquele" sabor. Resta o carisma da cervejaria. Esta nostalgia por aquele bife é, aliás, matéria de conversa entre amigos que se dedicam, com maior ou menor moderação, ao prazer prandial.

Durante muito tempo tentei reproduzir a receita : sem sucesso. Consegui fazer outros grandes molhos para bife, parecidos, mas não eram "aquele". Até que, no blog Outras Comidas de Luís Pontes encontrei uma receita que ele ensaiou sucessivamente até concluir que era "aquela". Eu repetia-a e, voilá, é mesmo "a do Trindade"

Como gosto de partilhar satisfações, passo-vos esta "receita com memória".

 

Ingredientes:

1 Kg de bifes de novilho

250g de Manteiga

2 colheres de sopa de Banha

2 colheres de sopa de alho esmagado (ou massa de alho)

2 folhas de louro

2 colheres de sopa de condimento de mostarda vulgar (não de Dijon)

1 Imperial Sagres (ou uma Mini)

1 pacote de natas (200ml)

3 gemas

Sal e pimenta.

 

Preparação:

Bata os bifes com o martelo apropriado, deixando-os finos (isto se quiser um bife de “cervejaria”).

Ou escolha uma carne mais nobre do seu gosto e corte-a em tornedó.

Tempere com um pouco de pimenta e sal, de um lado, e frite-os rapidamente em banha e lume forte, dos dois lados. Reserve.

Leve ao lume 125g da manteiga, a banha e o alho, até que fique castanha ( cor de couro) mas sem queimar. Adicione então a restante manteiga, o louro e a mostarda e deixe ferver, mexendo sempre com as varas.

Ponha então a cerveja e deixe ferver cinco minutos para ter a certeza que evaporou o álcool antes de juntar as natas onde, previamente, bateu as gemas. Toda a operação é feita mexendo sempre com as varas.

Leve de novo ao lume, mexendo para homogeneizar, prove e tempere de sal e pimenta.Junte os bifes e deixe que acabem de passar no molho, que os deve cobrir.

Sirva em frigideiras de barro ( ou de metal, como na Trindade), com um ovo estrelado em cima, nadando em molho e com batatas fritas em palitos finos, à parte.

 

publicado por Maurício Barra às 18:03 | comentar | favorito
tags: