23
Jun 12
23
Jun 12

Attilio SANTINI

 

 

ATTILIO SANTINI
Attilio Santini Mosena, nascido em Cortina d'Ampezzo, Udine,  era filho de Maria e Arcangelo Santini Mosena.  Os seus ancestrais são originários dos Montes Dolomitas, a norte de Veneza.  O fabrico de gelado, tradição da sua família,  começou com o seu tetravô, que possuía uma “ eisdiele” ( vendita di gelato ) em Viena de Áustria, com “breveto” emitido pela casa imperial, dada pelo imperador Francisc Joseph. A seu pai, na Itália, também será atribuído um brevetto pelo rei Vittorio Emanuelle.
Em 1917-1918, no fim da Iª Guerra Mundial, Attilio deixa a Itália com seu pai e em 1922 instala-se em Metz, França, onde conhece um dos Romanov, membro da família imperial russa.
Em 1937 retorna a Itália, para trabalhar na Gellataria Sommariva em Milano. Os acontecimentos que, a partir da Alemanha e com forte impacto na Itália, indiciavam a Guerra que se aproximava na Europa, levam-no a emigrar para Espanha, onde, em  1938, abre uma Gellataria em San Sebastian.
Em 1940 muda-se para Barcelona, ​​para a calle Vergara, abrindo a Gellataria Capri, que será encerrada posteriormente devido à concorrência da Frigo.
Em 1944, Santini muda-se para Valência, abrindo o  Santpol Café, onde conhecerá a sua futura esposa, Isabel Catalan Saez. É também em Valência que conhecerá o Cônsul Português João Moraes, que o vai desafiar para se mudar para Portugal. 
Assim, a 26 de agosto de 1949, Santini muda-se para a Praia do Tamariz, no Estoril, abrindo e iniciando a fama da Gelataria Santini ( na inauguração ofereceu gratuitamente todos os gelados a quem aparecesse ). Nessa altura, a Família Santini habitava no andar de cima do salão dos gelados, tornando a sua casa disponível durante várias ocasiões, como por exemplo para servir como camarim para os membros da Família Real Espanhola que na época vinham para a praia.
Aliás, a sua permanente ligação às Casa Reais que tinham residência no Estoril é uma marca deste "aristocrata dei gelatti" ( Rei Humberto de Itália, Princesa Maria Gabriela de Sabóia, Princesa Maria Beatriz de Sabóia, Princesa Maria Pia de Sabóia, para a qual serviu os gelados no dia de seu casamento com Alexandre da Yuguslávia, que teve ligar no Hotel Palácio, e, sobretudo, a Casa Real de Espanha, clientes frequentes, onde tratava carinhosamente por Juanito o futuro Rei de Espanha ).
Mais tarde, em 1971, muda a Gelataria para Cascais, onde, antes de se fixar na Avenida Valbom, passou por uma das lojas do antigo cinema S.José. Também abriu, perto da casa de fabrico dos gelados, uma extensão em S.João do Estoril.
Attilio Santini morreu em 3 de Agosto de 1995, aos 88 anos.
Em 2009 os seus descendentes abriram o capital da empresa ( Button, Relvas ), do que resultou a primeira lija Santini em Lisboa, no Chiado.
Diz-se que o mundo "pula e avança como bola colorida nas mãos de uma criança ". Talvez assim seja. Do  que tenho a certeza é de que as bolas de gelado do signor Santini alegraram ( e alegram ) três gerações de crianças, fabricadas por um homem que, a partir de um Portugal brando, assistiu ao fim dos Impérios, à destruição do seu país, e à reconstrução de uma Europa unificada.

 

publicado por Maurício Barra às 15:17 | comentar | favorito
09
Jun 12
09
Jun 12

Aji de Galinha

 

 

 

Do Peru trago-vos uma bela receita de galinha. Apanhei a referência no blog Mesa Marcada, experimentei e digo-vos : com as pequenas adaptações que casa um decida para melhor adequar ao seu gosto, esta é uma receita para ficar.
Fiz alguma pesquisa mas decidi a versão de Paulina Mata. Eu, em vez de usar o leite, substitui-o pelo caldo onde cozeu a galinha.
AJI DE GALINHA
1 galinha ou frango
2 colheres de sopa de óleo
1 cebola grande, finamente picada
2 dentes de alho, picados
1 malagueta, sem as sementes e picada
125 g de miolo de pão (sem côdeas)
100 g de nozes picadas ( opcional ) - a receita original junta azeitonas pretas.
50 g de queijo parmesão ralado
½ lata de leite evaporado ou caldo onde cozeu a galinha
½ colher de chá de açafrão das indias (curcuma)
1 colher de chá de cominhos
sal, pimenta e piri-piri
Coza a galinha ( ou o frango ) em água temperada com sal (costumo juntar cebola, cenoura, salsa, louro )
Coe a água da cozedura com um passador de rede e reserve-a. Retire a pele e ossos do frango e desfie-o bem.
Num tacho refogue no óleo a cebola, o alho e a malagueta até que comece a alourar.
Entretanto ponha de molho o miolo de pão em cerca de meio litro da água da cozedura do frango e desfaça-o bem.
Junte o pão à cebola e deixe cozer cerca de 5 a 10 minutos mexendo de vez em quando.
Junte então o frango desfiado, as nozes ( eu juntei as azeitonas ) e o queijo e mexa bem. Junte o leite evaporado ( opcional )  e/ou um pouco mais de caldo da cozedura do frango, se necessário, para adquirir a consistência desejada. Deixe em lume brando alguns minutos a fervilhar, mexendo de vez em quando, para apurar.Entretanto tempere com o açafrão das índias, os cominhos, piri-piri a gosto, sal e pimenta.
Sirva com batatas cozidas com pele, ovos cozidos e azeitonas, como é tradicional no Peru, ou então com arroz branco.
via Paulina Mata in Mesa Marcada
publicado por Maurício Barra às 09:12 | comentar | favorito
tags:
06
Jun 12
06
Jun 12

Para Desintoxicar

 

 

 

 

 

 

PARA DESINTOXICAR, LEGUMES E ERVAS

 

Dizia alguém que, se nos entregamos aos prazeres epicuristas, devemos cuidar para que eles não nos atirem para o "Prazeres". Aconselha a saúde que o prazer prandial pode ( e deve ) ser usufruído em todos os estágios de vida, pelo que se quiser ter a hipótese de cometer excessos mais tarde, evite cometê-los mais cedo. Nada mais do que bom senso. Se gastamos a primeira parte do caminho em corridas loucas, pode-nos vir a faltar a gasolina para chegar ao fim do caminho.

Hoje, e de acordo com a temperança do calendário, trago-vos umas referências que provavelmente conhecereis, mas para as quais não é despiciendo renovar a nossa atenção.

 

LEGUMES E ERVAS

 

ALCACHOFRAS

Entre outros serve como um prato lateral ou salada, a alcachofra auxilia a digestão, ajudando a eliminar as toxinas do intestino. A alcachofra é  por excelência um protector do fígado.

ERVA DOCE

É recomendado para combater o inchaço devido ao seu efeito carminativo. Use-o para decorar a sua massa ou carne (especialmente vitela e cordeiro) e peixes. A erva-doce também é muito bem com o alho e podem ser comidos crus em saladas.

AIPO

As folhas e raízes são depurativas e diuréticas. Além disso, queima mais calorias para mastigar. Claramente um excelente compromisso para os famintos da tarde.

ALFACE

Como todos os vegetais, é refrescante, com uma grande componente de água de alta, mas também serve para  purificação e remineralizante. Excelente base para qualquer salada!

RÚCULA

Excelente em saladas e mais saborosa do que a alface, permite a eliminação de toxinas através dos intestinos, fígado, pele e rins. Bom para Integrar em sandiwich’s ou usá-la como base da salada.

PEPINO

Além de ser conhecido por suavizar a pele, o pepino é diurético e depurativo. Excelentes em saladas, com peixe ou cru.

RABANETE

O rabanete, especialmente quando consumido cru, actua sobre a vesícula biliar. Tente ralado ou fatiado em saladas.

ALHO

Conhecido pela sua acção antibacteriana, promove a limpeza dos intestinos.

BETERRABA

Para melhores resultados depurativos , é melhor comido cru. Ele dá um pouco de sabor, com suco de limão e anéis de cebola fresca. Incorporando a metionina e a betanina nele, contribui para a eliminação de resíduos e a degradação de ácidos gordos acumulados no fígado.

SALSA

Além de ajudar a uma boa respiração, a salsa é um alimento desintoxicante. Aproveite a oportunidade para acrescentar em todas as suas receitas! Como parte de um tratamento de desintoxicação, ele pode até mesmo ser incorporado em suas bebidas.

REBENTOS DE COUVE

Na verdade, assumem as mais diversas formas e todas elas têm um grande efeito estimulante sobre o fígado. Como por exemplo,  brócolos, couve-flor, repolho ou couve de Bruxelas. A desintoxicação é certa.

ALOÉ

Não só excelente para irritações da pele, o sumo de aloé é também excelente para o sistema digestivo. É purificador e ajuda a eliminar parasitas, infecções, bactérias e vírus. O aloé também é ligeiramente laxante. Pode ser ingerido integrando-o em sumos.

ESPARGOS

É excelente em saladas e até mesmo um com algumas especiarias e azeite. Os espargos contém uma boa quantidade de fibras e são ligeiramente laxante. Também são diuréticos, o que lhe confere um efeito benéfico sobre os rins, tanto quanto dos intestinos. É também uma excelente fonte de minerais e vitaminas B.

publicado por Maurício Barra às 08:36 | comentar | favorito
tags: