Batatas

 

 

 

BATATAS

 

Quando na última semana deambulei pelos cozidos, referi a importância da batata, da escolha da cêpa de batata apropriada para o prato que estamos a confeccionar. Excepto  aqueles que as conhecem directamente e alguns chefs ( e mesmo só alguns chefs ), a maioria dos portugueses come batata como um alemão come peixe. Para eles o peixe é só filetes e postas, para nós a batata é só para cozer e para fritar. Nada mais errado.  Mas aqui não podemos acusar exclusivamente uma eventual falta de gosto colectiva, é relevante sublinhar que o mercado também não tem suscitado uma oferta diferenciada.

Mas este pobre panorama está, felizmente, a mudar.

Existem centenas de cêpas do tubérculo, com origem na América do Sul, que hoje estão disseminadas por todo o mundo ( consulte aqui uma lista exaustiva elaborada pela Washington State University ).

Da pouca informação que disponho ( recomendo que atravessem o Tejo e no Baixo Ribatejo visitem uma das Cooeperativas Agrícolas que aí existem ), já é possível adquirir algumas cêpas com sabôr e qualidades específicas : para cozer a Anabel, para cozer e assar a Laura, Mona Lisa e a Chérie, para fritar a Agria e a Astérix. Nestes campos saloios de Colares existem também mais duas cêpas muito apreciadas : a batata de Areia e a batata  Olho de Perdiz, ambas para cozer e assar. E nunca esquecer : excepto para algumas ( poucas ) confecções, coza as batatas sempre com a pele, única forma de reter os seus sabores e os respectivos  amidos.

Mas da batata quero hoje apresentar-vos algumas confecções, acompanhamentos para pratos de carne, que eu aprecio particularmente, e uma curiosa salada de Verão

 

PURÉS

Os purés são o "pão nosso de cada dia " quando somos juvenis. Com ou sem leite ( ou natas ), sempre com gemas e noz moscada,  acompanham-nos pela vida fora.

Hoje destaco dois.

 

PURÉ DE CASTANHA

Misturando a batata e puré de castanha cozida, em iguais proporções, ao qual de adiciona natas.

PURÉ COM MOSTARDA

Misturando a batata mostarda granulada à antiga.

 

ESMAGADOS

Os esmagados, um tanto ou quanto em desuso, são a melhor forma de comer batatas saborosas. E com bons temperos.

 

ESMAGADO À ALENTEJANA

Esmague as batatas com garfo. Junte cebola picada, salsa picada e azeite. Emulsione.

ESMAGADO COM CHOURIÇO

Numa frigideira, frite em azeite chouriço picado. Esmague as batatas com um garfo e adicione o chouriço frito, com o respectivo azeite ( se, após ter feito a mistura, a separar em grandes bocados e a levar a fritar na mesma frigideira, obterá migas de batata com o formato de  omeletas individuais ).

 

SALADA DE PURÉ DE BATATA

Esta receita é da minha amiga Paloma G. Nunca vi mais ninguém fazê-la; provavelmente é uma receita de família que trouxe de Espanha.

Ingredientes:

puré batata

camarão cozido, descascado

filetes de peixe, ligeiramente escalfados

ovos cozidos

mayonnaise

pimentos morrones

Confecção ( a frio ):

Numa travessa redonda coloque um fundo de puré de batata, coloque por cima uma camada de camarões e filetes de peixe aos bocados, outra camada de puré, e por fim o resto dos camarões e peixe cozido. Espalhe a mayonnaise por cima de todo o conjunto, cobrindo-o completamente.Decore com rodelas de ovo cozido e tiras de pimentos morrones. E prove. Este é um daqueles pratos que primeiro estranha-se, mas depois entranha-se.

 

 

 

publicado por Maurício Barra às 10:46 | comentar | favorito