Sôpa de Cerejas com Kirsch

 

 

SÔPA DE CEREJAS COM KIRSCH

Estamos a entrar no tempo das cerejas ( estas, mesmo com a agricultura industrial, não conseguem ser produzidads fora da estação ). Assim, a propósito, apresento-vos uma receita do grande Juan Mari Arzak. Já a fiz, quase parecida, e  ficou excelente, não por causa do cozinheiro, mas devido à conjungação dos sabores.

 

Ingredientes :

500 g de cerejas

1 pau de baunilha ( se preferir, pode ser pau de canela )

sumo de meia laranja

cardamomo ( opcional )

um cálice de kirsch (aguardente de cereja ) ou outra, desde que sêca.

100 g de açúcar

manteiga

2 yogurtes tipo grego ( ou natural sem açucar )

150 g de queijo  líquido ( queijo fresco ou requeijão batido )

1 dl de natas

umas folhas de menta

 

Elaboração :

Descaroçar as cerejas sem as desmanchar. Colocar as cerejas descaroçadas numa tijela com o cálide de kirsch e 50 g de azúcar, misturando tudo muito bem. Deixar macerar durante duas horas.

Escorrer as cerejas, e salteá-las numa frigideira com um pouco de menteiga e o sumo de meia laranja em fogo vivo, juntando tambem a baunilha , o cardamomo e o líquido da maceração ( não devem ficar muito líquidas ). Apagar o fogo e deixar em infusão durante pelo  menos 2 horas e, posteriormente, pôr a esfriar no  frigorífico.

Enquanto esfriam as cerejas, bater com varas as natas com o resto do açúcar e juntar pouco a pouco, sem deslaçar, o queijo fresco líquido e os yogurtes naturais, sem deixar de bater. Quando estiver espumoso, guardar no frigorífico. 

 

Servir em prato de sôpa, as cerejas com o seu sumo no fundo, por cima duas colheres do batido de yogurtes com queijo. Decorar com folhas de menta. 

 

publicado por Maurício Barra às 09:13 | comentar | favorito